li marés há muitas: ser

5/27/2006

ser

foto LMatta


ser mãe quando foi hora

mulher sempre.

ser dor quando difícil

o espaço de raíz.


sonhar água

onde parece não havê-la.


mas onde os outros

não vêem uma estrela,

sorrir-lhe de feliz.

10 Comentários:

Blogger della-porther diz

E ninguém me tira essas pedras que magoam minhas raízes e não me deixa respirar... pobre arvorezinha!
um beijão

Emília

12:01 AM  
Blogger adesenhar diz

com ou sem estrelas

deixo aqui o meu sorriso.

:)
:):)
:)

bjs

esquisso:no meu cantinho dizes que estás à espera!
à espera de!
estou curioso.
:)

1:14 AM  
Blogger paper life diz

Adesenhar, à espera doque sempre se segue aos teus enigmas.

:)

1:51 AM  
Blogger Teresa Durães diz

ser mãe quando foi hora: sim, fui;
dor: também
raiz: penso que sim
água: por vezes, talvrz nem sempre, eles o dirão;

perfeita? nunca

5:04 AM  
Blogger holeart diz

eu tenho um castanheiro num lugar. prometi que no dia em que o matarem eu morro tambem.

agradeço a visita

12:15 PM  
Blogger Lmatta diz

Gostei
beijocas

1:16 PM  
Blogger sonia r. diz

Deixo-te um grande beijinho e um sorriso. Bom domingo.

4:31 PM  
Blogger Dark Side diz

Já vi que tens andado muito atarefada com os posts, pelo contrário o tempo tem-me faltado e acabo invariávelmente a dormir em cima do teclado. Os teus versos são bem bonitos.
Quanto ao mar estou a formar-me para dar aulas de mergulho, para transmitir o AMOR que sinto pelo mar a todos, especialmente a crianças, o que vai obrigar-me a desembolçar mais algum dinheiro num curso especial de EFR para crianças, mas nenhum € é mal empregue para ajudar os mais novos a conhacer e respeitar o MAR.
Fica Bem!

4:51 PM  
Blogger Mendes Ferreira diz

sorrir-lhe...de tanta luz. maternal....


um doce. para sempre.


beijo.

5:18 PM  
Blogger Um outro olhar diz

"ser"

nada fácil de o ser

sorrir sempre

:)

8:59 PM  

Post a Comment

<< Home